top of page
  • Foto do escritorVale PCD

Pessoas com Deficiência: Mercado de Trabalho e o Combate ao Capacitismo

Atualizado: 2 de fev.

Saiba mais sobre o processo de criação da cartilja por Jully Neves.


É C om imensa alegria, que apresento a cartilha “Pessoas com Deficiência: Mercado de Trabalho e o Combate ao Capacitismo”.


O motivo da criação desta cartilha é simples: acredito que a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho é essencial para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.


Sou uma pessoa com deficiência psicossocial, reconhecida tardiamente, mas graças à Priscila, fundadora do Vale PcD hoje estou aprendendo e me reconhecer como PcD. No mercado de trabalho, fui vítima de discriminação na contratação, falta de acessibilidade no ambiente de trabalho e falta de oportunidades de desenvolvimento profissional. Hoje, trabalho e luto pela inclusão de pessoas com deficiência, pessoas negras e indígenas, mulheres, LGBTQIAPN+ e neurodivergentes, promovendo e educando sobre diversidade e inclusão.


A cartilha é um projeto pessoal, sem nenhum recurso financeiro para sua realização e sem fins comerciais. Desejo contribuir na construção de ambientes inclusivos, diversificados e livres de preconceitos, onde todas as pessoas sejam valorizadas e respeitadas em sua singularidades.


A cartilha aborda temas como:

  • O que é deficiência?

  • Capacitismo

  • História da inclusão de pessoas com deficiência no Brasil

  • Direitos das pessoas com deficiência

  • O mercado de trabalho e as pessoas com deficiência

A cartilha também traz exemplos de boas práticas de inclusão, que podem ser utilizadas por empresas, instituições e pessoas, com o intuito de promover o respeito e uma compreensão abrangente desse assunto.


Acredito que a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho é essencial para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Com a conscientização e a adoção de práticas inclusivas, podemos criar oportunidades para que todas as pessoas possam desenvolver seu potencial e contribuir para o crescimento do país.


A cartilha está disponível gratuitamente para download.

Convido você a conhecer este material e a se juntar a mim na luta pela inclusão de pessoas com deficiência!


Juntes, podemos construir uma sociedade verdadeiramente inclusiva.


Um xero, Jully Neves.


 

Realização

Jully Neves é uma mulher negra, cis, lésbica, nordestina, candomblecista, pessoa com deficiência psicossocial e neurodivergente. Consultora e especialista em Diversidade e Inclusão, gestora de projetos, pesquisadora de neurodiversidade. Além disso, é diretora do Vale PcD e faz parte do projeto Guerreira Sem Armas pelo Instituto Elos. Formada em Administração de Empresas, pós-graduada em Direitos Humanos e possuí certificação em gestão de projetos de impacto.


Revisão Técnica


Julia Piccolomini é uma mulher cis, branca, bissexual, umbandista e possuí uma deficiência física chamada distrofia muscular de cinturas. Diretora da ONG Vale PcD, consultora de D&I e especialista com 14 anos de atuação em Gestão de Pessoas.




Projeto Gráfico e Diagramação


Luciana Terra é uma mulher cis, branca, lésbica, designer social, diretora de arte, produtora cultural e fundadora da Mútua Criativa. Formada em Designer Gráfico e Geografia.



226 visualizações1 comentário

1 comentário


Convidado:
01 de abr.

Olá boa tarde o me chamo Aristóteles sou PCD , temos mesmo debater muito com as empresas elas não estão sensibilizando ! Eu mim refiro são as oportunidades no mercado de tralho , nós preparamos se qualificamos na hora só querem oferecer as piores vagas mesmo agente sendo qualificado não querem da as vagas achando que não somos capacitado.

Curtir
bottom of page